Futebol

Paulinho pega dois anos de gancho

Diego Marrul
Justicadesportiva.com.br

Um caso de doping referente à última edição do Campeonato Carioca foi a julgamento na última terça-feira, dia 25 de maio, no Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD/RJ). O volante Paulinho, ex-Flamengo, que atuou na competição pelo Volta Redonda, foi suspenso por dois anos, em decisâo unânime dos auditores da Segunda Comissão Disciplinar.

O meio-campista foi flagrado no exame antidoping realizado após o jogo contra o Botafogo, no dia 25 de março. Na urina do jogador foi encontrada a substância Benzoilecgonina (metabolito da cocaína).

O Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro (TJD/RJ) foi comunicado sobre o exame e o presidente do mesmo, Antônio Vanderler, suspendeu preventivamente o atleta por 30 dias. Paulinho foi punido nos artigos 2.1 e 2.11 do Código Mundial, pelo uso de substância proibida. No jogo em questão, válido pela quinta rodada da Taça Rio, o Botafogo venceu por 1 a 0.

Aos 34 anos, Paulinho apareceu com sucesso no Ipatinga, campeão mineiro de 2005, e, no ano seguinte, se transferiu para o Flamengo, a pedido do então técnico Ney Franco. No Rubro-negro carioca, conquistou o Estadual de 2007.